terça-feira, 21 de novembro de 2017
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Uso de camisinha entre os jovens cai e DSTs preocupam

Os números alertam: o uso da camisinha entre os jovens no Brasil voltou a cair. Nos últimos anos, o crescimento das doenças sexualmente transmissíveis alcançou níveis preocupantes e revela que a juventude vai na contramão da utilização do preservativo.

Dados recentes do Ministério da Saúde apontam que 40 mil novos casos de doenças sexualmente transmissíveis (DST), como HIV, sífilis e hepatite, são diagnosticados por ano no País. Em fevereiro deste ano, o Ministério da Saúde divulgou que casos de HIV e Aids entre jovens de 15 a 24 anos aumentou 85% nos últimos 10 anos. Em 2016, seis em cada 10 jovens mantiveram relações sexuais sem proteção.

Uma outra pesquisa, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), revela números ainda mais alarmantes. Dos dois mil homens ouvidos entre os 15 e 25 anos, em 10 capitais brasileiras (Belém, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Goiânia, Porto Alegre, Recife, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo), apenas 31% usam preservativos.

Durante o Bate-Papo Lado A Lado B que debateu sexo e relacionamentos, a youtuber Jout Jout falou sobre como a timidez pode atrapalhar no momento de exigir o uso de preservativos. “Tem gente que simplesmente não consegue exigir que o parceiro use camisinha por causa da vergonha.”

No ano passado, por ocasião do Dia Mundial de Luta Contra a AIDS, o Ministério da Saúde divulgou o Boletim Epidemiológico de HIV e Aids. Números mostram que, em 2016, eram 827 mil pessoas com HIV/AIDS.

Fonte: Emais / Estadão

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

A ORLA DEODORENSE PEDE SOCORRO

FATOS&FUTRYKAS 65/2017 Todos veem o que você parece ser, mas poucos sabem o que você …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*