sexta-feira, 15 de dezembro de 2017
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Blog: Ivan Reis : Retrocesso!

Na manhã desta segunda feira 28 de Agosto de 2017 um grupo de funcionários públicos do município de Marechal Deodoro, conforme agendado se reuniram na sede do SINMAD – Sindicato dos Servidores públicos de Marechal Deodoro para dar continuidade ao processo de reivindicação de melhorias nas condições de trabalho e salarial.

Os funcionários começaram chegar pouco depois das 8:00 horas e foram de concentrando no espaço para reuniões. Haviam em torno de 12 funcionários quando o presidente do sindicato questionou o quantitativo e fez comparação com a assembleia onde haviam pouco mais de 60 na frequência que decidiram pela paralização. Aos poucos os funcionários foram chegando e tivemos que ir para um espaço maior para melhor acomodar a todos. Por volta das 10:00 horas quando alguns trabalhadores se posicionaram foi a vez dos representantes do sindicato colocar a situação, já conhecida da grande maioria, em seguida fomos convidado a ocupar a porta da prefeitura.

Iniciamos o processo de sensibilização da gestão na busca de sermos atendidos pelo gestor e não levar adiante a paralisação e consequentemente a greve. Houve participação dos trabalhadores, alguns se pronunciando fazendo uso do som para informar a comunidade o que estava acontecendo e o porque da aglomeração de pessoas na porta da prefeitura.

11:50 A gestão sinalizou o princípio do diálogo , convidados pelo chefe de gabinete, secretário de Administração e procurador geral, o sindicato  escolheu uma comissão de trabalhadores desconsiderando a representatividade  das categorias no conjunto  dos presentes no movimento, assim foram escolhidas 5 trabalhadores sendo 2 da Educação, 2 da Saúde e 1 da administração pelo fato de não termos outro.

Momentos depois, mais precisamente as 13:10 vieram as primeiras informações como resultado das discussões, representados nas propostas 7,49% para a Educação e 6,29% para a saúde e demais categorias, o que foi repassado para os presentes e aceito. Na ocasião foi questionado o retroativo e em resposta disse que seria sem o retroativo, todos voltaram atrás o que fez com que o sindicalista retornasse a mesa de discussão para se certificar da inclusão do retroativo, voltou dizendo que a gestão fará um estudo para ser apresentado até a quinta feira  e que na sexta feira apresentará em assembleia.

Todos os acertos repassados aos funcionários presentes foram repasses verbais. Outra situação que acompanhamos é que já foi feito um  estudo por parte da gestão , segundo o próprio sindicato, o que justificava a falta de condições para o aumento por conta da lei de responsabilidade fiscal.

Estou indignado com o que contemplei nesse movimento que participei,mas não me arrependo de ter feito parte desse processo, apenas me envergonho da condução que foi dada e pela importância das resposta as nossas reivindicações.

foto:webradiojuventude

Sobre Ivan Reis

Interesses Social, Político e Cultural na Administração Pública garantindo uma participação cidadã nos processos de discussão priorizando o diálogo. Fortalecer a Co-Gestão.

Verifique isso

Professora é internada após ingerir perfume colocado por aluno em garrafa d’água

Uma professora da Escola Estadual Santa Elvira, no Distrito de Santa Elvira, em Juscimeira, a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*