domingo, 28 de maio de 2017
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Blog: Luo Gomes : Transporte Escolar – Nosso direito!

Olá estudantes! É como muito pesar que inicio essas palavras, pois, no dia 30 de abril, 7 dias atrás, aconteceu uma tragédia de trânsito que entristeceu todo Estado de Alagoas. Esse fato foi o trágico acidente que envolveu dois ônibus escolares dos municípios de Junqueiro e Teotônio Vilela, onde morreram 6 pessoas (Dois motoristas e quatro estudantes).

Diante dessa incomensurável perda, o nosso assunto de hoje será, justamente, sobre a qualidade do Transporte Escolar de Marechal Deodoro. Esse tema já estava na minha demanda de discussão, mas, devido o lamentável incidente dos ônibus escolares ele veio à tona.

No dia 04 deste mês (terça-feira), às 9h, a Associação dos Moradores do Residencial Denison Amorim (AMDA) marcou uma reunião com o Coordenador dos Transportes,Thiago Gondin  . E, também, junto com a Associação compareceram pais, mães de outras comunidades e estudantes universitários da UFAL e de outras faculdades particulares.

O tema central da reunião extraordinária foi sobre as soluções e melhorias para o transporte escolar de Marechal Deodoro. No início da reunião o Thiago se apresentou dando destaque a responsabilidade e o compromisso que ele tem para com os deodorenses no quesito Transporte Escolar, e se prontificou a ouvir todas as solicitações. E ainda disse: o que depender dele e do prefeito Cacau vai cumprir todos os pedidos da comunidade e dos estudantes de Marechal Deodoro.

Em seguida, a comissão universitária da UFAL trouxe algumas reflexões dos direitos estudantis e solicitou algumas regularizações nos transportes escolares como:

          1 - Ônibus devidamente vistoriados e qualificados com os itens de segurança exigentes pela lei de trânsito, que por sua vez já é uma exigência do próprio Projeto Federal que libera o recurso dos transportes chamado ‘Caminho da Escola’ do FNDE. Esse mesmo projeto foi reforçado com uma emenda, promulgada pela Dilma, na Lei nº 12.816/2013, Artigo 5º, Parágrafo único, que diz: ...’os municípios estão autorizados a utilizar o transporte escolar municipal por estudantes universitários’. E, também, na Lei orgânica do município de Marechal Deodoro no Artigo 9° inciso V que diz:  ‘É da competência do município em comum a União e o Estado, proporcionar meios de acesso à cultura, à educação e à ciência’;

           2 - Motoristas devidamente qualificados e treinados para exercerem uma direção defensiva e adequada para conduzir com segurança os estudantes;

          3 - Ônibus de apoio para pegar e levar os estudantes nas comunidades distantes da rodovia;

          4 - Possibilidade de transportes aos sábados para eventos comunitários, culturais, Pré-vestibular e outros de interesses dos estudantes.

Depois os representantes da Associação do Denison Amorim apresentaram a lista de solicitações como: ‘ônibus mais novos; condução dos transportes com alunos sentados evitando superlotação; motoristas responsáveis que evitem conversas no volante; entrada dos ônibus no residencial para que os estudantes desçam perto de suas casas.

Ao ouvir cada uma das solicitações, Thiago  garantiu que é uma obrigação  sua e do prefeito Cacau atender  todas as solicitações e que na medida do possível irá cumpri-las. Mas, não parou apenas nas promessas, ele fez questão de observar cada detalhe pautado pelos representantes e apresentou datas para cumprir cada uma delas. Ele também relatou algumas dificuldades organizacional deixada pela gestão anterior e que nesses três primeiros meses de gestão ele teve e ainda está tendo muito trabalho para reorganizar todo departamento de transporte como: manutenções dos ônibus; logística; motoristas capacitados e outros. Disse, também, que a seleção dos motoristas foi e está sendo rigorosa, pois, o quesito segurança dos estudantes é uma prioridade dele! Ele fez questão de dizer que as mães e os pais podem ficar sossegados enquanto a isso.

A reunião terminou às 11h, e durante essas duas horas Thiago não foi apenas cobrado, mas, foi bastante elogiado por seus trabalhos iniciais prestados para com os estudantes e, sobretudo, por sua disposição em resolver as solicitações das comunidades e dos estudantes.

No final do encontro, a Associação dos Moradores do Denison combinou com o Thiago outra reunião no final do mês de maio, depois que foi fechado a data, dia 24, a mesma fez uma ata relatando tudo que foi discutido e prometido pelo  Thiago , onde todos os representantes assinaram como testemunhas do que foi discutido em reunião.

E para finalizar, quero reconhecer e parabenizar os Moradores do Residencial Denison Amorim pela competência de formarem um grupo organizado (Associação) para lutarem por seus direitos e darem um belo exemplo para o município de Marechal Deodoro. Pois, já observei aqui na nossa cidade o quanto somos carentes de pessoas organizadas para lutarem por seus direitos e melhorarem suas comunidades. E que os estudantes vejam e aprendam que organizados serão mais fortes!

Sobre Luo Gomes

Luo Gomes nasceu numa família humilde de Maceió. Filho primogênito de mãe 'solteira'. Único homem de três filhos. Apesar das dificuldades que sua mãe passou para criá-lo junto com duas irmãs, nunca deixou de frequentar a escola. Dona Cícera Gomes, sua mãe, batalhou bastante para que o seu filho e suas duas filhas não deixassem de estudar, pois, segundo ela, os seus filhos só teriam um futuro decente na vida se fossem à Escola! Hoje, graças os esforços da sua mãe, Luo Gomes é professor de Filosofia e desenvolve ações sociais na formação de jovens carentes da sua comunidade na cidade de Marechal Deodoro.

Verifique isso

Rompimento de barragem em Quebrangulo eleva nível do Rio Paraíba

O rompimento de uma barragem em Quebrangulo gerou transtorno em diversas cidades da Zona da …

1 comentário

  1. Os ônibus chamados amarelinhos, doado pelo governo federal são quase todos novos e estão em bom estado de conservação, mas os terceirizados, que geralmente são oriundos de promessa políticas, deixam muito a desejar em seu estado de conservação e requer um maior controle sobre a situação dos, principalmente na questão segurança para os alunos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *